MAIS INFORMAÇÕES ACERCA DO CURSO

Este curso é apresentado sob a forma de Gwersi – uma palavra galesa que significa lições. Em cada mês, irá receber quatro Gwersi, para além de material adicional, como os opúsculos e o boletim trimestral Ophiusa.

Se sentir que o curso é adequado para si e decidir fazê-lo, o próximo conjunto abrirá com uma cerimónia de iniciação e começará assim a seguir um caminho que foi estabelecido, no seu início, provavelmente há milhares de anos atrás, e que foi codificado numa antiga história acerca de um jovem rapaz que se torna no maior Bardo da terra – Taliesin.

Para o ajudar nesta viagem, beneficiará do acompanhamento de orientadores, podendo assim partilhar as suas experiências com o curso. Ser-lhe-á também enviado O Livro do Ritual, as oito cerimónias sazonais, O Companheiro do Bardo – um livro com recursos para o curso – e um CD para o ajudar com a pronunciação e a meditação. Os Gwersi suplementares tratam de assuntos como A Arte de Contar Histórias, A Relação entre o Druidismo e o Wicca e Xamanismo e Magia.

Uma vez que o curso é empírico em vez de académico, existem membros com diferentes níveis de formação escolar que acham o curso útil e inspirador. Se tiver menos de 18 anos terá de enviar-nos uma carta com a autorização de um dos pais ou do tutor com o pedido de inscrição. Não poderá aderir à Ordem se tiver menos de 16 anos.

 

Orientadores

O curso é auto-dirigido e poderá suspender os seus estudos em qualquer altura, quer seja de forma permanente ou temporária. Após a sua inscrição, ser-lhe-á explicado como poderá falar acerca da sua experiência com o curso com os orientadores e outros membros da Ordem, se o desejar.

 

Fóruns de Discussão na Internet

Existem cerca de 10 fóruns onde poderá falar sobre Druidismo, o curso e outros assuntos relacionados. A maior parte deles são em inglês, mas também existem grupos em português, alemão, francês e holandês. A adesão dar-lhe-á acesso a um site apenas para membros, onde poderá escrever a sua biografia e interesses, assim como ver e colocar fotografias, artigos e contactar membros em todo o mundo.

 

Adesão

A adesão à Ordem e a inscrição no curso são sinónimos. Ao fazer o curso torna-se também membro de uma comunidade a nível mundial – uma Irmandade de Druidas (Cairdeas Mor Shaoghal nan Druidh, em gaélico) que, ao longo dos anos, cresceu ao ponto de incluir grupos e indivíduos em mais de 50 países. A forma como se poderá relacionar com esta comunidade depende inteiramente de si. Muitos membros dizem que não são do tipo de "se juntar" – não pertencem a clubes ou associações e preferem estudar sozinhos. Mas se realmente forem a um encontro – um acampamento ou workshop, por exemplo – ficam muitas vezes surpreendidos ao encontrarem-se num grupo de pessoas que se sente da mesma forma que eles próprios – que são descontraídos, amigáveis e que se interessam pelos mesmos assuntos.

 

Bosques e Grupos-Semente

Existem mais de noventa bosques e grupos-semente que se encontram para celebrar as festividades, mas também noutras ocasiões. No primeiro conjunto de Gwersi é enviada uma lista dos mesmos. Poderá criar um grupo-semente quando o desejar e um opúsculo explica-lhe como fazê-lo.

 

Encontros, Retiros e Workshops

Em Inglaterra organizamos encontros duas vezes por ano em Glastonbury. No Inverno escutamos os oradores convidados e realizamos uma cerimónia no Chalice Well, seguida de uma refeição e de um Eisteddfod. No Verão encontramo-nos e organizamos diferentes encontros e cerimónias de bosque para cada um dos graus. Fazemos uma cerimónia colorida no cimo do Tor, um grande jantar festivo e um Eisteddfod no Sábado à noite. No dia seguinte vamos a Stonehenge para o ritual de Solstício de Verão entre as pedras.

Na Holanda, os membros organizam um encontro de fim-de-semana no campo – com rituais, workshops, meditações, festejos e um Eisteddfod. Vêm membros de toda a Holanda e Bélgica para participar.

Na Austrália, todas as Primaveras realizamos também uma Assembleia, num sítio diferente todos os anos, dando a volta a este vasto continente. Até à data, organizámos estes encontros em Nova Gales do Sul, no Sul e no Oeste da Austrália.

À medida que os livros e o curso forem traduzidos para outras línguas, e o número de membros for aumentando, provavelmente serão realizadas mais assembleias noutros países. Estas são organizadas graças à iniciativa dos membros locais e qualquer membro poderá oferecer-se para as organizar.

Para além dos encontros e assembleias dos bosques e grupos-semente, foram já organizados retiros em Iona (Isla na Druidneach – a "Ilha dos Druidas") na Escócia, em Brocéliande na Bretanha, em Devon e no País de Gales, e também são oferecidos workshops e outros eventos pelos membros, que são anunciados na secção Eventos do site da Ordem e no boletim Ophiusa.

Para auxiliar os membros a tirarem o máximo proveito do curso, desenvolvemos também uma série de workshops de um dia, dedicados a temas como Ritual e Meditação, que têm lugar em diversos locais. Os membros do Grau de Druida podem aprender a dar estes workshops, para que os possam oferecer na sua região.

 

A Rede de Cura e o Colégio Druídico de Cura

Existe uma Rede de Cura à qual qualquer membro se poderá juntar, que funciona como um fórum para os membros interessados em cura. Esta Rede tem a sua própria secção no site da Ordem e o Colégio Druídico de Cura foi formado para desenvolver um programa de ensino e Retiros de Cura.

 

A Comunidade Internet da Ordem

A Ordem tem também uma comunidade na internet para qualquer membro que pretenda comunicar virtualmente com outros membros. Existe um site apenas para membros, com biografias, fotografias, arquivos e outras funcionalidades para assistir e apoiar os membros, assim como 10 fóruns de discussão diferentes, que oferecem a oportunidade de comunicar com os outros.

 

Harpistas e Contadores de Histórias

Os membros formaram um grupo de harpistas que tem um fórum na internet e realizaram encontros na Áustria e na floresta de Brocéliande, na Bretanha. Para além disso, outros membros esperam formar grupos de Contadores de Histórias para se apoiarem mutuamente e partilharem a sua paixão e as suas experiências.

 

Acampamentos Druídicos

Ao longo dos anos, os acampamentos druídicos tornaram-se uma parte emocionante e vital da Ordem – dando-nos a oportunidade de verdadeiramente viver os ensinamentos e a filosofia do Druidismo na própria Natureza. Alguns Bosques organizam acampamentos de fim-de-semana para os seus membros e realizaram-se já acampamentos mais longos na Califórnia, a norte do estado de Nova Iorque, na Alemanha e na Nova Zelândia.

Em Inglaterra, organizamos quatro acampamentos por ano, geralmente perto do Cavalo Branco de Uffington, em Oxfordshire. Temos os nossos próprios abrigos e equipamento – incluindo duche quente, banheira e yurts gigantes – e uma equipa entusiástica que ajuda a tornar cada acampamento numa experiência mágica para toda a gente. No Lughnasadh o acampamento dura geralmente dez dias – na altura das outras festividades, uma semana ou cinco dias. Jovens e adultos, solteiros e famílias, todos contribuem para tornar os acampamentos num êxito. Montamos peças de teatro, temos narração de histórias e música à volta da fogueira, realizamos cerimónias e criamos aventuras mágicas. Desenvolvemos uma forma de explorar e "entrar" nas velhas histórias e mitos, para que se tornem jogos entusiasmantes e educativos, que se desenrolam em dois campos e na floresta. Organizamos rituais druídicos nas tendas de suor e iniciações, assim como grandes cerimónias colectivas sob as estrelas. (consulte a secção Eventos/Acampamentos neste site)

 

Ilustração: "O Bosque dos Druidas" (c. 1845), da obra "Old England: A Pictorial Museum", por Charles Knight.

O QUE DIZEM ACERCA DO CURSO? | PEDIDO DE ADESÃO